Como ter mais ideias para personagens, cenas, capítulos, histórias, contos e romances?

Muitas pessoas me mandam e-mails perguntando como ter ideias. Como pegar essas sugestões divinas que vagam pelo ar e condensá-las em histórias que as pessoas realmente amarão ler. Eu até queria, mas não tenho uma resposta exata. E preciso te alertar que ninguém tem, na verdade. 

Mas posso te dar algumas dicas que vão ser bem úteis. Por isso, confira seis dicas incríveis para nunca mais ficar sem ideias:

Anote as idéias quando elas surgirem

Se você não fizer isso, elas desaparecerão para sempre. Ande sempre com um caderno, uma caderneta ou algo parecido. Se preferir, utilize algum app do seu celular, mas anote tudo. Nunca deixe para anotar quando chegar em casa, porque a ideia vai desaparecer e você vai ficar muito frustrado. Digo por experiência própria.

Tire um tempo do seu dia para ter ideias

Encoraje a sua mente a pensar, porque é assim que os grandes escritores fazem. Se quiser ser escritor, lembre-se de que você não pode mais se dar ao luxo de escrever só quando estiver inspirado. Escrever é uma profissão, que exige prática, trabalho duro e disciplina. Faça brainstorms todos os dias e anote tudo que te vier à mente para consultar depois.

Misture uma coisa corriqueira com uma noção extraordinária

Esse tipo de mistura pode gerar histórias simplesmente incríveis. Foi o que aconteceu com Toy Story, Divertidamente, Harry Potter, Pokémon e muitos outros clássicos da cultura pop. Nós falaremos mais sobre isso em breve.

Organize suas ideias em uma estrutura de tópicos

Esse tipo de organização pode ser muito útil para deixar as ideias mais claras na sua mente. Não tente criar tudo quando a ideia surgir, mas anote as principais noções da ideia em tópicos. O Trello me ajuda muito nisso, mas você pode usar o software que quiser ou até mesmo um caderno, se achar mais fácil.

Tome cuidado para não tentar organizar demais

Esse é o erro que mais acontece com que escreve fantasia ou outros gêneros que envolvem a criação de mundos e universos inteiros Mas é preciso entender que, quando você planeja demais, parece que está trabalhando, mas está só procrastinando. Então, tenha em mente que, uma hora, você precisa começar a escrever. O ideal é manter o foco nos personagens e nos conflitos da trama e não tentar construir um universo inteiro de uma só vez. Se fizer isso, você nunca terminará seu livro. Deixe para construir a enciclopédia pessoal do seu cenário quando não estiver trabalhando em nenhuma obra específica.

Ache um meio termo entre improvisar e planejar

O extremo dos dois é terrível, porque não te leva a lugar nenhum. Mas um uso moderado dos dois elementos é o que cria grandes obras. Sabe quando a história flui e você escreve por cinco ou seis horas sem parar e sem nem perceber? É exatamente disso que eu estou falando.

Comentários do Facebook

 O que você achou deste conteúdo? 

Deixe a sua opinião nos comentários, para que eu possa melhorar e trazer as melhores dicas para você. E lembre-se de assinar gratuitamente a newsletter, para que você possa receber os nossos posts diretamente no seu e-mail. Você também pode assinar o meu canal no YouTube e conferir os vídeos todas as semanas sobre literatura e escrita criativa.